No último sábado (31), a Associação dos Subtenentes e Sargentos do Estado de Goiás (Assego), recebeu em sua sede o Dia D, do Aliança pelo Brasil. Projeto que visa a criação de um novo partido político idealizado pelo presidente Jair Messias Bolsonaro que atualmente está sem partido.

O presidente da Assego, Subtenente Luis Cláudio Coelho de Jesus anfitrião do evento recebeu o representante do Aliança pelo Brasil, Deputado federal Vitor Hugo de Araújo Almeida, além de político, Vitor é Major. Para o Subtenente “o propósito da Assego é acima de tudo fundar o Aliança pelo Brasil juntamente com o deputado Vitor Hugo o mais rápido possível”, declara ele. O evento foi marcado com vários apoiadores que acreditam no mesmo projeto e buscam por um Brasil, com uma direita conservadora que defende a pátria e a família, lutando contra as ideologias de gênero, aborto e impedindo a liberação de drogas no país.

Major Vitor Hugo e Subtenente Cláudio, presidente da Assego

Durante o Dia D, representantes de Goiás estiveram compondo a mesa para declarar seu apoio a iniciativa. Maria José Dutra (Zezé Bolsonariana), a única mulher a integrar a mesa no evento ressaltou em sua fala “Nós não queremos o poder, queremos andar lado a lado com os homens”, falou ela sobre a intenção das mulheres. Major Vitor Hugo, deputado federal afirmou “nós temos que avançar nessas pautas, proteger à pátria, à família, nós temos que gerar esse partido para que ele seja verdadeiramente de direita conservador e a Assego vai ser essencial nesse projeto”, ponderou Vitor Hugo.

Ao ser indagado sobre o porquê de ter escolhido a Assego, o deputado falou “Assego tem uma credibilidade já consolidada no Estado de Goiás”, ainda acrescenta “O presidente Cláudio tem feito um trabalho excepcional, ele tem uma liderança efetiva, estrutura, aqui tem Internet, computadores, pessoas e tem disposição a mesma disposição que nós temos para criar algo que venha revolucionar no bom sentido, que venha modificar o Brasil e preservar os nossos valores”, declarou o Major.

Quem também teve espaço de fala na comemoração foi a delegada Maria Lúcia de Paula Freitas, entusiasmada disse “para mim é uma alegria enorme, principalmente estando aqui na sede da Assego, onde em 2018, fizemos várias reuniões aqui da campanha do nosso querido presidente Bolsonaro”, expressou Maria Lúcia. “O projeto Aliança pelo Brasil é um projeto extremamente voltado à liberdade, inclusive a liberdade da mulher, de participar de pautas conservadoras. Porque no conservadorismo a mulher é o pilar”, salientou a Meire Cruvinel, representante do Aliança pelo Brasil em alguns dos munícipios do Estado de Goiás.

Delegada Maria Lúcia de Paula Freitas

Sabendo que para a criação deste novo partido a primeira etapa é obter autorização da população goiana, por meio do preenchimento da ficha de apoiamento, para que assim, seja estabelecido a próxima fase de fundamentação do Aliança.