O Tribunal de Justiça de Goiás determinou nesta terça-feira,22, que o pague os salários do mês de dezembro imediatamente aos Policiais Militares, Bombeiros Militares ativos, inativos e pensionistas. O Mandado de Segurança Coletivo foi impetrado pela Associação dos Subtenentes e Sargentos do Estado de Goiás (Assego) no dia 11 de janeiro. “A justiça vem a reconhecer o direito líquido e certo dos Militares inclusive dos inativos e pensionistas, esperamos que o governo ao ser notificado cumpra imediatamente a decisão”, concluiu o presidente da Entidade, subtenente Cláudio.